Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 21 de setembro de 2010



Ele

Ele pode ser aquele,
Que me machuca cruelmente,
Sem perceber.
Talvez por querer.
Sinto-me tão criança e
Tão boba por me render.
Gostaria de ser forte,
Não suspirar nenhum pouco
Por ele.
Queria esquecer,
Mas isso ele não me permite fazer.
Ele pode ser aquele,
Que me trata tão friamente e
Eu devo saber o por quê.
Mas isso não importa.
Tudo que tinha que acontecer
Ainda não aconteceu.
Será que tudo que ele sentia por mim,
Aos poucos, morreu?
Os olhos dele são tão serenos
Que intimidam os meus.
Machuco-me tanto
Ao saber que os lábios dele
Não são meus.
Não mais, tudo o que tínhamos,
Eu tentei deixar para trás.
Tudo que fiz só trouxe
O meu sofrer.
Fiz tudo isso sem nem mesmo
Ele merecer.
Quebro a minha cara,
Sei que não vai dar em nada.
Talvez, a idiota dessa história seja eu.
Ele não me faz feliz,
Faz o meu coração doer,
Ele sabe que fico triste,
Se um abraço dele
Eu perder.
Tenho que parar de ser assim,
Preciso levar este sentimento
Por ele ter um fim.
Eu realmente gosto dele,
E isso não é mais segredo
Para ninguém.
Preciso ser eu mesma,
E deixar de ser refén.
Ele é tudo que um dia
Eu nunca quis.
Hoje, eu o quero,
Mesmo sabendo que ele não
Me fará feliz.
Coração bate forte só de escrever,
Eu preciso me convencer.
Ele é aquele mal
Que eu preciso ter para
O meu bem.
Ele por mim, talvez não sinta nada,
Mas o meu coração ele tem.
Ele pode ser aquele,
Com todos os defeitos possíveis,
Mas quando ele me beija,
Eu o aceito de uma forma,
Tão gentil e carinhosa,
Que nem eu me reconheço.
Eu já não tenho medo,
Sei que vou sofrer.
Mas vou tentando
Até um dia o coração
Dele me pertencer.

Por: Karine Beatriz.

3 comentários:

Coca-Cola disse...

Eu queria poder dizer que puxou pro pai, mas isso eh talento nato mesmo *--* <KB3

Pitty disse...

aaah que lindo esse, maravilhoso *--*
essa é minha Best <3 djkjdslkdsjl

Postar um comentário

  ©Кαrinє βeαtriζ. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo