Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011



Folhas de Outono

Realmente, arrependimento não serve de nada,
Não para mudar o passado. Mas do que adianta
Viver de tristes lembranças e de algo que deu errado?
Eu sei o quanto doeu e as marcas que restaram.
Você não foi o único a chorar dias e noites
Talvez acordado.
Mas acha que vamos ser felizes assim?
Acha mesmo que com você preso ao passado
Vamos pôr a esse medo um fim?
Me tratar mal como se eu fosse um nada te faz tão bem?
Sabe, é difícil ser gentil quando sentimos que já não temos
O mesmo valor para a pessoa que amamos.
E apesar de não ser muito bem tratada,
Eu sou capaz de unir forças e fazer de tudo para você sorrir.
Porque o mundo só tem sentido pra mim assim.
Eu sou capaz de dizer e demonstrar o quanto te amo,
Mesmo sentindo meu coração dilacerando aos poucos
Por punhais colocados nele.
Só quero que saiba que eu não vou te acusar por estar assim,
Muito menos revidar, pois isso fazem as crianças e a minha mente
É anos avançada para tal coisa.
Só o que posso fazer é ficar calada,
Observando e sentindo a dor de cada passo em falso,
De cada erro seu. Você que tanto teima
Em dizer ao passado Adeus.
Só o que posso fazer é te amar quando menos merecer.
Você é tudo o que sempre quis, tudo que quero e sempre sonhei.
Só posso esperar você perceber o dano que nos causa.
Esperar você mudar, esquecer e vencer mais essa luta.
Eu confio em você.
Pois eu nunca te enganei, muito menos quando eu disse que
Sempre, sempre te amei.
Eu nunca tive a intenção de te machucar.
Pelo contrário, podia sentir o ódio queimando em mim
Em cada lágrima que te fiz ou faço derramar.
Tudo foi como as folhas de outono.
Elas não caem porque querem e sim
Porque é preciso.
Mas já passou e eu só quero te fazer feliz.
E é por isso que suporto sua frieza da melhor
Maneira possível.
Você nunca se perguntou como me sinto quando me trata mal?
E como eu posso ser tão forte assim para suportar tudo isso por nós dois?
Mas amar é perdoar, não importa quantas vezes me machuquei ou as marcas
Que possuo.
Você vem? Pode deixar o passado para trás, abandonar seus medos,
Perdoar os meus erros, se prender a esse novo presente junto a mim
E deixar esse futuro acontecer?
Eu sei que pode, por favor, não demore.
Pode passar da hora de sermos felizes e começarmos a viver.

Por: Karine Beatriz.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Кαrinє βeαtriζ. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo