Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Autora: Dulce María, lindos os poemas dela.





Entardecer cor de rosa.

Tão fugas e tão magico, tão intenso e tão curto que você faz com que um instante dure a vida toda.
Tão suave quanto uma rosa que se perde no caminho e se corta com seus próprios espinhos, vou encontrá-lo mais tarde chorando minhas lágrimas num entardecer cor de rosa, com chuva salgada, e a Lua numa beirada, sendo testemunha da saudade nos seus olhos.
Por que você fica calado quando suas lágrima dizem tanto?
Por que você mente se seus olhos dizem a verdade?
Para que fingir, se a beleza está no mais sutil de sua existência?
Da mesma maneira pode me fazer feliz uma rosa com suas pétalas ou pode me machucar com seus espinhos.
Na sua beleza está o perigo de minhas noites com você, de meus sonhos sublimes, de minhas mais loucas fantasias...
Se conhecê-lo hoje é coincidência, fico feliz em coincidir com você neste vale de mentiras, porque seus olhos estão cheios de mistério e verdade ao mesmo tempo.
Se fosse outro momento, me apaixonaria, mais não é nem o tempo nem o momento.
E eu e você nos cruzamos apenas em essência, não em corpo.
Algum dia estaremos... Talvez, talvez não...
Só me resta aquele entardecer cor de rosa...

Por: Dulce María.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Кαrinє βeαtriζ. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo